Pular para o conteúdo principal

REVISTA DE DIREITO DA INFÂNCIA E DA JUVENTUDE


Os coordenadores e o Conselho Editorial da RDIJ (Revista de Direito da Infância e da Juventude), idealizada e desenvolvida pela ABMP (Associação Brasileira de Magistrados, Promotores de Justiça e Defensores Públicos da Infância e Juventude), no intuito de incentivar e divulgar a produção intelectual acadêmico-científica e as boas práticas desenvolvidas na área da proteção dos direitos da criança e do adolescente, convida a todos os interessados a contribuir para publicação de nossa QUARTA (4ª) edição.
            A RDIJ solicita o envio de artigos inéditos, acórdãos comentados e resenhas de boas práticas, sempre pertinentes ao tema da infância e juventude, tanto nacional quanto internacionalmente, para publicação a ser feita em parceria com a Revista dos Tribunais.
            Os materiais recebidos serão sujeitos ao sistema de avaliação Double blind peer review, pelo qual cada texto é avaliado e aprovado por dois pareceristas ad hoc desconhecidos do autor (e um do outro), para só então ser publicado. Ainda assim, caso haja discrepância superior a três pontos (em uma escala de zero a vinte) entre as avaliações, o texto será sujeitado a um terceiro avaliador. Os pareceristas serão indicados pelos coordenadores da revista e a verificação do ineditismo/ bibliografia consultada ficará sob responsabilidade de equipe da Revista dos Tribunais.
            Os trabalhos, em conformidade com as normas abaixo, devem ser encaminhados até o dia 10 de outubro ao e-mail revista@abmp.org.br.
            Os artigos podem estar em português, inglês ou espanhol. Além do ineditismo do artigo, é IMPRESCINDÍVEL que os textos enviados obedeçam às regras da ABNT e aos seguintes requisitos:
·         1) conter resumo na língua portuguesa ou espanhola, além da versão em inglês, com no mínimo 100 e no máximo 250 palavras;
·         2) conter no mínimo três e no máximo cinco palavras-chave em português e espanhol, além do inglês, separadas por ponto e vírgula;
·         3) possuir um título condizente com o conteúdo apresentado no artigo;
·         4) conter a identificação do(s) autor(es) e um mini curriculum vitae do(s) mesmo(s), a ser(em) inserido(s) como nota de rodapé na primeira página do arquivo;
·         5) conter desenvolvimento e referências bibliográficas;
·         6) possuir de 15 a 30 páginas no formato Word (A4, posição vertical, fonte Times New Roman, corpo 12, alinhamento justificado, sem separação de sílabas, com espaçamento entre linhas de 1,5 e espaçamento simples entre as linhas no Resumo, parágrafo 1,5 cm, margem superior e esquerda - 3 cm e margem inferior e direita - 2 cm);
·         7) as citações devem obedecer às regras da ABNT, bem como as referências bibliográficas;
·         8) o sistema de chamada das referências das citações diretas ou/e indiretas pode ser autor-data ou numérico (NBR 10520/2002), sendo neste caso as notas de rodapé somente explicativas (NBR 6022/2003).
            Vale ressaltar que os artigos enviados à RDIJ não podem estar disponíveis inteira ou parcialmente na internet ou mesmo sendo avaliados por outro periódico. O autor cederá os direitos autorais para a editora parceira e, a partir do aceite, deve abster-se de encaminhar o artigo para outra revista ou veículo de divulgação publicados em território nacional.  
Outras produções
            A RDIJ reproduz acórdãos referentes à essa temática, que tenham sido publicados até um ano antes da finalização de cada edição, acompanhados de comentário autoral. Podem, ainda, ser publicadas resenhas de obras jurídicas, legislação nacional, estrangeira ou internacional comentada e pareceres. Do mesmo modo, boas práticas que constem dados confirmando o seu sucesso.
            Especificidades para outras produções:
·         Comentários e pareceres de acórdãos devem acompanhar a íntegra do julgado e do próprio acórdão, assim como comentários à legislação são obrigados a incluir a íntegra da lei objeto de análise;
·         Resenhas, comentários e boas práticas não poderão ultrapassar 10 páginas. Nos casos acima mencionados, a contagem das páginas não inclui os textos oficiais do objeto de comentário.
            Após a aprovação do parecer remeteremos o termo de cessão e os autores receberão ao menos um volume da revista em que seu trabalho foi publicado.
Sobre a RDIJ

            A Revista de Direito da Infância e da Juventude tem periodicidade semestral e é impressa para distribuição entre magistrados, promotores de justiça, defensores, advogados que atuem na área da infância e da juventude, bem como às principais entidades e demais atores que participam do sistema de garantia de direitos (SGD) de crianças, adolescentes e de jovens como aos membros de Conselhos, inclusive Tutelares. A Revista também será direcionada aos atores do SGD, de modo reflexivo e dialético, e servirá como importante instrumento de atuação aos profissionais das áreas da educação, saúde, assistência social, psicologia, segurança e aos cultores das diversas ciências, além da jurídica.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

XVII Seminário Interinstitucional de Ensino, Pesquisa e Extensão; XV Mostra de Iniciação Científica e X Mostra de Extensão “Ciência, Reflexividade e (In)Certezas”

a Universidade de Cruz Alta – UNICRUZ, estará realizando o seu  XVII Seminário Interinstitucional de Ensino, Pesquisa e Extensão; XV Mostra de Iniciação Científica e X Mostra de Extensão “Ciência, Reflexividade e (In)Certezas”, nos dias 6, 7, 8 de novembro de 2012. O evento é aberto aos alunos da Graduação, Pós-Graduação, Pesquisa e Extensão.
As inscrições podem ser feitas no site www.unicruz.edu.br/seminario onde encontram-se as normas para inscrição de trabalhos ou diretamente na Assessoria de Eventos, no campus da Unicruz. 

Convite: "Salvar o ECA"

O Instituto Paulo Freire (IPF) e o Centro de Direitos Humanos e de Defesa da Criança, Adolescente e Juventude Paulo Freire (Cedheca Paulo Freire) convidam a todos para o lançamento em e-book de "Salvar o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA)". Acontecerá na segunda-feira, dia 13 de julho. A data é comemorativa: o Estatuto da Criança e do Adolescente completa 25 anos.  Haverá um diálogo com os autores às 10h.
Local: Instituto Paulo Freire (Rua Cerro Corá, 550, Sala Florestan Fernandes São Paulo-SP)

*Para participar envie e-mail para mariana.bezerra@paulofreire.org

*clique para ampliar J

Revista Eletrônica “Temais Atuais de Processo Civil”

O Conselho Editorial da Revista Eletrônica “Temais Atuais de Processo  Civil” (ISSN 2236-8981), torna público para a comunidade jurídica – pesquisadores,  consultores, docentes, acadêmicos em Direito e estudantes de pós-graduação, mestrado  e doutorado em Direito, bem como a todos os profissionais das carreiras jurídicas – a  chamada para apresentação de artigos de interesse acadêmico e prático com o objetivo  de compor sua publicação regular.  Já em seu segundo ano de atividades, sempre buscando expandir os  horizontes doutrinários da linha editorial, a Revista tem por objetivo disseminar, no  meio virtual, ideias, pensamentos, tendências e atualidades acerca do Direito Processual  Civil, congregando os mais diversos pontos de vista sobre a matéria, de modo a  fortificar o debate a respeito do futuro do processo civil brasileiro.  Importa destacar que serão publicados textos selecionados no âmbito da  área de concentração temática “Direito Processual Civil” e das respectivas disciplinas…